Hora certa:
 

Notícias

MS lança estratégia para cuidados com a saúde mental durante a pandemia

Nesta segunda-feira (24), o Ministério da Saúde divulgou uma nova estratégia para trazer mais cuidados à saúde mental dos brasileiros durante a pandemia da Covid-19. Se trata do Mentalize: Sinal Amarelo para Atenção à Saúde Mental. De acordo com a proposta, esse será um ponto de partida para uma série de Ações de Educação em Saúde em Defesa da Vida, que vai abordar temas como prevenção ao suicídio e da automutilação; prevenção da gravidez na adolescência; prevenção ao uso de drogas lícitas e ilícitas e ética da vida.

Essa estratégia é uma parceria com a Associação de Brasileira de Psiquiatria (ABP), e não vai gerar gastos para o Governo Federal. E é isso que explica o presidente da ABP, Antônio Geraldo da Silva. “Essa parceria não envolve um real sequer. É tudo feito voluntariamente pelos psiquiatras e psicólogos indicados pela ABP. É um projeto em que podemos mudar o futuro de crianças e adolescentes; melhorar a vida de adultos jovens, adultos em idade de trabalhar adequadamente e não ficar afastado do trabalho. E quando eu digo isso, quero explicar que cinco das dez causas de afastamento do trabalho são por doenças mentais”, destacou.

Durante o lançamento desse projeto, o Ministério da Saúde fez uma atualização da Ação Estratégica “O Brasil Conta Comigo”, que é um esforço do governo para apoiar estados e municípios a terem profissionais de saúde aptos e em quantidade suficiente para atender as demandas relacionadas ao coronavírus.

A secretária de Gestão do Trabalho e da Educação na Saúde, Mayra Pinheiro, fez um detalhamento sobre as ações voltadas à capacitação destes profissionais, visando maior eficácia para combater a doença.  

“Mais de um milhão de profissionais de saúde, das 14 categorias, foram cadastrados no programa e, destes, 339.522 profissionais tiveram suas capacitações concluídas sobre todos os temas relacionados a Covid-19. Essas capacitações foram especificas para cada uma das categorias. É uma marca histórica e o Brasil passa a ser o único país no mundo que, durante uma pandemia, conseguiu recrutar e capacitar seus profissionais de saúde para atuação imediata no enfretamento à doença”, detalhou a secretária Mayra.

Por fim, o Ministério da Saúde divulgou os números relativos à pandemia da Covid-19 no Brasil. O país registrou 115.309 mortes por causa do coronavírus, o que representa um aumento de 565 óbitos nas últimas 24h. Entre a quantidade de pessoas infectadas pela doença, o país chegou à marca de 3.622.861 casos. O número de pacientes recuperados está em 2.778.709 e já representa 76% das pessoas que estiveram doentes. Permanecem em investigação, 2.889 casos suspeitos. Esses são dados baseados nas informações enviadas por estados e municípios.

Fonte: Brasil 61












Fechar


SnifBrasil é uma publicação

(11) 5533-5900 – dpm@dpm.srv.br
O conteúdo dos artigos assinados no site e no boletim SnifBrasil é de responsabilidade de cada um dos colaboradores. As opiniões neles impressas não refletem, necessariamente, a posição desta Editora.
Não é permitida a reprodução de textos, total ou parcial sem a expressa autorização da DPM.
Informações adicionais poderão ser solicitadas pelo e-mail editor@snifbrasil.com.br.
Qualquer problema, ou dificuldade de navegação poderá ser atendido pelo serviço de suporte SnifBrasil, pelo e-mail suporte@snifbrasil.com.br

Seu IP: 34.234.223.162 | CCBot/2.0 (https://commoncrawl.org/faq/)