Hora certa:
 

Notícias

Farmácias podem agora cadastrar-se no dispensador Memed utilizando login do SNGPC

Dando continuidade à sua missão de digitalizar as receitas médicas no Brasil através da criação de um ecossistema digital de saúde, a Memed, healthtech pioneira e líder em prescrição digital no país,  trouxe mais um benefício importante para o varejo farmacêutico. O cadastro gratuito na solução de dispensação digital de medicamentos pode ser agora realizado utilizando-se o login do Sistema Nacional de Gerenciamento de Produtos Controlados (SNGPC). O objetivo é simplificar o acesso ao varejo e aumentar ainda mais o número de farmácias cadastradas - atualmente são cerca de 30 mil -, trazendo maior conveniência e segurança tanto para quem dispensa o medicamento, como para o consumidor.
 
Segundo Acsa Cardoso, Product Owner na Memed, embora simples, antes o processo de cadastro das farmácias para uso do dispensador era manual, o que poderia levar um tempo maior para que fosse concluído. Agora o cadastro da loja na plataforma de dispensação pode ser feito em poucos cliques, bastando acessar a página do dispensador Memed. Vale ressaltar que as informações de login e senha de acesso ao SNGPC  não são armazenadas pela Memed, sendo utilizadas apenas para retornar os dados da drogaria e facilitar o processo de cadastro.
 
O registro digital da dispensação equivale à retenção da via da farmácia para um dado medicamento e evita que o paciente utilize a mesma receita mais de uma vez, por exemplo. Além disso, o dispensador reconhece quando uma receita digital emitida pela Memed não está assinada com a certificação digital no padrão ICP Brasil, emitindo um alerta. Isso garante não só a segurança da informação, como também auxilia na prevenção de fraudes.
 
“Qualquer farmácia pode ter acesso gratuito ao Dispensador Memed e começar a dispensar receitas de forma digital imediatamente. Entendemos que essa solução é um avanço essencial para a criação de um ecossistema digital de saúde no país e, por isso, assim como a prescrição digital para médicos, não há nenhum custo para drogarias e farmácias na dispensação de receitas digitais realizadas presencialmente nas lojas. Nosso objetivo é que essa digitalização traga maior segurança para um processo que ainda hoje apresenta várias brechas para erros e fraudes”, ressalta Acsa Cardoso.












Fechar


SnifBrasil é uma publicação

(11) 5533-5900 – dpm@dpm.srv.br
O conteúdo dos artigos assinados no site e no boletim SnifBrasil é de responsabilidade de cada um dos colaboradores. As opiniões neles impressas não refletem, necessariamente, a posição desta Editora.
Não é permitida a reprodução de textos, total ou parcial sem a expressa autorização da DPM.
Informações adicionais poderão ser solicitadas pelo e-mail editor@snifbrasil.com.br.
Qualquer problema, ou dificuldade de navegação poderá ser atendido pelo serviço de suporte SnifBrasil, pelo e-mail suporte@snifbrasil.com.br

Seu IP: 34.234.223.162 | CCBot/2.0 (https://commoncrawl.org/faq/)