Hora certa:
 

Notícias

Bayer promove lives sobre a relação entre alimentação e saúde para marcar o Dia Mundial da Alimentação

O isolamento social provocado pela COVID-19 mudou o comportamento, o consumo e até mesmo os interesses da sociedade. Em um momento de tanta imprevisibilidade e emoções à flor da pele, a compra e o consumo dos alimentos ganharam ainda mais importância e transformaram nossa relação com a saúde. Ainda assim, muitos brasileiros enfrentam dificuldades de pôr em prática uma rotina de alimentação balanceada e saudável.

É por isso que a Bayer decidiu promover uma série de lives no Instagram para marcar o Dia Mundial da Alimentação, celebrado no dia 16 deste mês. Os bate-papos erão a participação de uma variedade de convidados de peso, de especialista da Embrapa até o chef de cozinha Felipe Bronze. O objetivo é estimular um debate sobre a importância da produção de alimentos, além de provocar uma reflexão sobre nossos hábitos alimentares e o impacto deles no organismo.

Segundo estudo científico publicado pela Lancet, uma dieta alimentar ruim é fator de risco responsável pelo maior número de mortes no mundo. Em geral, o resultado indica que as pessoas consomem muito açúcar e sódio, porém poucas incluem frutas, legumes e verduras em sua rotina, contribuindo para o aumento do número de doenças cardiovasculares, cânceres e diabetes tipo 2.

"Milhões de pessoas sofrem com doenças que poderiam ter sido evitadas com hábitos mais saudáveis. Como empresa líder em saúde e nutrição, temos o compromisso de conscientizar a sociedade que a nossa saúde é resultado do que comemos", explica Marc Reichardt, presidente da Bayer no Brasil. "Precisamos falar cada vez mais de alimentação, de como alimentos são produzidos e como eles são fundamentais para uma vida longa e saudável", completa.

Impactos da pandemia

Levantamento realizado pelo IBOPE e encomendado pela Bayer mostra que 87% das pessoas entrevistadas consideram que a saúde é resultado do que se come e 81% gostariam de se alimentar melhor. Esses números reforçam a importância de promover mais diálogos entre a sociedade e toda a cadeia da alimentação, aproximando o campo da cidade, sendo este um papel fundamental para a multinacional Bayer.



Confira abaixo a programação completa:

SERVIÇO - LIVES PARA O DIA MUNDIAL DA ALIMENTAÇÃO

Data: 15/10, às 18h
Tema: Sem descontar na comida: estratégias para trabalhar as emoções em tempo de isolamento social
Participantes: Vanessa Tomasini e Ana Paula Xongani
Transmissão: @tomasini_vanessa e @bayerbrasil

Data: 16/10, às 18h
Tema: Você é o que come: como entender de uma vez por todas a relação entre os alimentos e as doenças que mais matam
Participantes: Nunca vi 1 cientista e médico cardiologista a confirmar
Transmissão: @nuncavi1cientista e @bayerbrasil  












Fechar


SnifBrasil é uma publicação

(11) 5533-5900 – dpm@dpm.srv.br
O conteúdo dos artigos assinados no site e no boletim SnifBrasil é de responsabilidade de cada um dos colaboradores. As opiniões neles impressas não refletem, necessariamente, a posição desta Editora.
Não é permitida a reprodução de textos, total ou parcial sem a expressa autorização da DPM.
Informações adicionais poderão ser solicitadas pelo e-mail editor@snifbrasil.com.br.
Qualquer problema, ou dificuldade de navegação poderá ser atendido pelo serviço de suporte SnifBrasil, pelo e-mail suporte@snifbrasil.com.br

Seu IP: 3.210.201.170 | CCBot/2.0 (https://commoncrawl.org/faq/)