Hora certa:
 

Colunas

Boas práticas para construir a jornada ESG nas empresas

O assunto não é novo, porém o termo ESG ganhou notoriedade e diversas organizações ao redor do mundo estão empenhadas em colocar em prática planos que ajudem na construção de uma sociedade mais colaborativa, sustentável e humana. Para se ter ideia, 87% dos líderes empresariais esperam aumentar investimentos em sustentabilidade nos próximos anos, conforme pesquisa do Gartner.  

A agenda de sustentabilidade traz consigo muitas oportunidades de desenvolvimento, dado seus desafios, como tempo, custo e a complexidade de alguns temas. Para avançar é vital investimentos, mentalidade de crescimento - para ressignificar modelos e conceitos, incluindo essa temática e relacionando-a em nossas ações - e exercitar uma visão de longo prazo na forma de fazer negócios, que inclui, além do lucro, as pessoas e o planeta. 

Gosto de dizer que a sustentabilidade precisa começar com a gente e os resultados de construir uma organização com maior consciência sobre seus impactos e responsabilidades se traduz em fortalecimento da marca, criação de valor financeiro a longo prazo, melhoria contínua, evolução da governança corporativa, cultura inclusiva e humanizada.  

No entanto, embora as pessoas estejam abertas e reconheçam a importância da pauta, é preciso um plano de ação para que as práticas ganhem força e gerem as mudanças necessárias no dia a dia. Abaixo, compartilho alguns insights para que, juntos, fortaleçamos a agenda de sustentabilidade dentro das organizações:  

- Trabalhamos juntos. Ganhamos Juntos: Conheça o negócio, os times e os desafios das áreas. Nesse processo, você descobrirá quais são as áreas mais interessadas. Aproxime-se delas, faça ações conjuntas, compartilhe experiências. Aproveite a parceria para ampliar a comunicação dos projetos em andamento e aumentar o engajamento.  

- Simplicidade é o grau máximo de sofisticação: Comece trabalhando os elementos visíveis da cultura da empresa. Fortaleça a identidade, a missão e os valores que ela acredita.  

- O combinado é o combinado: Mudanças estruturais começam no topo e o exemplo continua sendo a maior inspiração para as pessoas. Tenha sponsors da alta liderança para que a voz da agenda de sustentabilidade chegue a todos os espaços. Quanto mais pessoas do board estiverem engajados nessa causa, melhor.  

- A acomodação é o princípio do fim: Crie um plano, estabeleça metas atingíveis, quais iniciativas estarão no escopo do trabalho e as principais formas de atuação para atingir esse objetivo. Comece aos poucos e vá acrescentando novos objetivos à medida que o engajamento for aumentando. 

- Tenha métricas: Os indicadores são a principal forma de mensurar o nível de engajamento dos times ou saber os resultados das ações. É importante ter claro como fazer essa análise e deixar os colaboradores cientes dos impactos que estão promovendo. 

- Todos têm procuração para fazer o que é certo: O pilar da Governança é fundamental para que as outras esferas da agenda de sustentabilidade se desenvolvam. Foque na transparência, dê visibilidade aos projetos e compartilhe os resultados conquistados e os impactos promovidos. Isso ajuda a materializar o trabalho e o resultado coletivo.  

- Valorize as datas comemorativas: Conecte o calendário da comunicação interna com os temas que precisam ser sensibilizados dentro da organização. Essas datas são uma ótima oportunidade para gerar conscientização, e integrar como algumas das suas iniciativas vão ajudar nessas causas. 

- Multiplicadores da Cultura: Faça parte do onboarding, comunicando para os novos talentos e aos colaboradores mais experientes que o tema seja lembrado sempre que possível. Incorporar essa cultura à rotina dos colaboradores é fundamental para que todos avancem em seus objetivos. 

- Inovação como caminho sustentável: Utilize da tecnologia para evoluir nas metas. Atualmente temos uma série de recursos que nos permitem promover bem-estar e qualidade de vida ao colaborador, reduzir a pegada de carbono, acuracidade de processos, entre outros. Faça da tecnologia a sua aliada e explore todas as oportunidades que ela oferece. 

- Transformar orientados a sustentabilidade: Se comprometa com a agenda, faça conexões e converse com quem já iniciou essa jornada. Priorize os projetos e procure demonstrar o retorno dos investimentos. A excelência vem com a prática. Comece!  

 Débora Neves é líder da área de ESG da Teltec Solutions.


 












Fechar


SnifBrasil é uma publicação

(11) 5533-5900 – dpm@dpm.srv.br
O conteúdo dos artigos assinados no site e no boletim SnifBrasil é de responsabilidade de cada um dos colaboradores. As opiniões neles impressas não refletem, necessariamente, a posição desta Editora.
Não é permitida a reprodução de textos, total ou parcial sem a expressa autorização da DPM.
Informações adicionais poderão ser solicitadas pelo e-mail editor@snifbrasil.com.br.
Qualquer problema, ou dificuldade de navegação poderá ser atendido pelo serviço de suporte SnifBrasil, pelo e-mail suporte@snifbrasil.com.br

Seu IP: 44.210.99.209 | CCBot/2.0 (https://commoncrawl.org/faq/)