Hora certa:
 

Notícias

GSK, FAPESP e Hospital Israelita Albert Einstein anunciam criação de Centro de Pesquisa em Imuno-oncologia (CRIO)

A farmacêutica GSK, a Fundação de Amparo à Pesquisa do Estado de São Paulo (FAPESP) e o Hospital Israelita Albert Einstein anunciam a criação do Centro de Pesquisa em Imuno-oncologia (CRIO), em São Paulo, com investimento total de R? 53 milhões. O CRIO integra, dentro da GSK, o Programa Trust in Science, que tem por objetivo estimular a pesquisa básica no Brasil e na América Latina, visando a identificação e o desenvolvimento de novas terapias e medicamentos.

"Como mais um passo do Trust in Science aqui no país, anunciamos a criação do Centro de Pesquisa em Imuno-oncologia, fruto da parceria entre a GSK, FAPESP e o Hospital Israelita Albert Einstein. Desde 2020, a GSK está expandindo sua atuação em Oncologia no Brasil, investindo cada vez mais no desenvolvimento de soluções para necessidades ainda não atendidas em relação ao Câncer. Estamos muito entusiasmados e aguardamos com expectativa uma colaboração promissora para a saúde e a ciência", afirmou Andre Vivan, presidente da GSK Brasil.

O Centro, liderado pelo Dr. Kenneth Gollob, do Einstein, e Kevin Madauss, diretor de P&D do Trust in Science na GSK, combinará a experiência das organizações, junto com instituições parceiras, como a A.C.Camargo Cancer Center e a Faculdade de Medicina Ribeirão Preto -- USP, para melhor compreender os mecanismos e a genética envolvendo o Câncer, buscando novos alvos para ativar o sistema imune no combate à doença.

"Além de toda a infraestrutura administrativa e de laboratório, inclusive com contratação de funcionários, o Einstein oferece suporte a eventuais spin-offs que possam surgir desse Centro para, por exemplo, levar um novo medicamento ao mercado. A imunoterapia é, e continuará a ser, na avaliação dos maiores especialistas da área, uma das mais importantes armas no combate ao Câncer", explica Gollob. "Construir colaborações como o CRIO, envolvendo diferentes organizações e suas competências, é o único caminho possível para se fazer ciência capaz de impactar todo o mundo", disse o cientista.

"O CRIO será o terceiro Centro de Pesquisa Aplicada constituído pela FAPESP e GSK. O primeiro já está em operação no Instituto Butantan desde 2015 e investiga alvos moleculares para o tratamento de doenças de base inflamatória. O segundo, com sede na Universidade Federal de São Carlos (UFSCar), busca desenvolver produtos e processos químicos sustentáveis que possam ser utilizados na descoberta e no desenvolvimento de novos medicamentos. A FAPESP não tem dúvidas de que este novo CRIO terá o mesmo sucesso dos demais", afirma Marco Antonio Zago, presidente da FAPESP.

Trust in Science objetiva identificar novos alvos terapêuticos

O Trust In Science é uma parceria público-privada, que tem por objetivo identificar novos alvos terapêuticos para o combate de doenças e estimular a descoberta de novos medicamentos. O projeto é realizado em quatro países da América Latina e conta com 65 ações financiadas e 93 artigos científicos publicados até o momento. No Brasil, o Trust in Science foi lançado em 2011.

"Nosso propósito na GSK é unir ciência, tecnologia e talento para juntos vencermos as doenças. Por meio do Programa Trust in Science, estamos comprometidos com o desenvolvimento da saúde e da ciência no Brasil e na América Latina", afirmou Kevin Madauss.

 












Fechar


SnifBrasil é uma publicação

(11) 5533-5900 – dpm@dpm.srv.br
O conteúdo dos artigos assinados no site e no boletim SnifBrasil é de responsabilidade de cada um dos colaboradores. As opiniões neles impressas não refletem, necessariamente, a posição desta Editora.
Não é permitida a reprodução de textos, total ou parcial sem a expressa autorização da DPM.
Informações adicionais poderão ser solicitadas pelo e-mail editor@snifbrasil.com.br.
Qualquer problema, ou dificuldade de navegação poderá ser atendido pelo serviço de suporte SnifBrasil, pelo e-mail suporte@snifbrasil.com.br

Seu IP: 3.236.107.249 | CCBot/2.0 (https://commoncrawl.org/faq/)