Hora certa:
 

Notícias

União Química aborda resistência bacteriana no Congresso Paulista de Infectologia 2022

A União Química, por meio da unidade de negócios Hospitalar, marcou presença no 13º Congresso Paulista de Infectologia, que aconteceu no Centro de Convenções Frei Caneca em São Paulo (SP), entre os dias 22 e 25 de junho. A farmacêutica apresentou aos médicos infectologistas presentes um novo produto da linha de antibióticos, que tem alta eficácia bactericida contra bacilos gram-negativos, além de realizar um simpósio satélite com foco na resistência bacteriana.

"A unidade Hospitalar da União Química tem uma relação de confiança com os profissionais da saúde e esse relacionamento se estende para a área de infectologia. Nosso compromisso é levar não apenas produtos relevantes, mas formação continuada e informações de qualidade para a classe médica, pois quando falamos sobre a utilização de antibióticos, o uso adequado deste tipo de medicação é também uma questão de saúde geral", comenta o vice-presidente comercial da linha Hospitalar, Sebastião Carlos Capelli.

 Com o tema "Como decidir a antibioticoterapia quando organismos XDR estão envolvidos?", o Dr. Felipe Francisco Tuon, professor da PUC-PR, coordenador do Serviço do Controle de Infecções Hospitalar da Santa Casa de Curitiba e pesquisador na área de Epidemiologia e Resistência de Infecções Bacterianas, levrou informações importantes sobre o Programa de Controle de Antimicrobianos (PCA), também conhecidos como stewardship, um tema importante para os médicos, principalmente para os infectologistas.

Além disso, quem passou pelo estande da União Química durante o evento pôde conhecer mais sobre o portfólio da companhia através do "Jogo das Bactérias", um desafio interativo em que os profissionais da saúde associaram a molécula correta para cada tipo de bactéria. O estande contou também com um espaço para o One Heath BR, banco de dados genômico de bactérias, que auxilia profissionais e sistemas de saúde na vigilância epidemiológica, diagnóstico, gerenciamento e controle da resistência antimicrobiana na interface humana-animal-ambiente nos estados brasileiros.

"Esperamos cada vez mais sermos ponto de apoio aos profissionais da Infectologia. Nossa Força de Vendas, leva aos médicos que visitamos ferramentas importantes na construção de um trabalho cada vez mais assertivo, pois nas mãos desses profissionais está a grande responsabilidade de trabalhar para a contenção do desenvolvimento das chamadas superbactérias, e a União Química se une a eles nesse objetivo, para evitar a resistência bacteriana", finaliza Capelli.

 

 












Fechar


SnifBrasil é uma publicação

(11) 5533-5900 – dpm@dpm.srv.br
O conteúdo dos artigos assinados no site e no boletim SnifBrasil é de responsabilidade de cada um dos colaboradores. As opiniões neles impressas não refletem, necessariamente, a posição desta Editora.
Não é permitida a reprodução de textos, total ou parcial sem a expressa autorização da DPM.
Informações adicionais poderão ser solicitadas pelo e-mail editor@snifbrasil.com.br.
Qualquer problema, ou dificuldade de navegação poderá ser atendido pelo serviço de suporte SnifBrasil, pelo e-mail suporte@snifbrasil.com.br

Seu IP: 44.200.30.73 | CCBot/2.0 (https://commoncrawl.org/faq/)