Hora certa:
 

Notícias

CooperVision investe na conscientização dos consumidores para impulsionar o mercado de lentes de contato

A cada 500 mil novos usuários de lentes de contato no país, outros 500 mil deixam de usar o produto, na maioria das vezes, por falta de informação
 
Uma estimativa da Sociedade Brasileira de Lentes de Contato, Córnea e Refratometria (SOBLEC) aponta que cerca de 3 milhões de brasileiros são usuários de lentes de contato, o que representa apenas 1,4% da população. Ainda de acordo com a entidade, 6% da população do país é potencial usuária para o produto. A CooperVision, uma das líderes mundiais na fabricação de lentes de contato, aposta na conscientização para desmistificar o uso e conquistar o público brasileiro. “A cada ano, cerca meio milhão de brasileiros começa a usar lentes de contato, o que é muito positivo. Porém, no mesmo período, praticamente um número igual de pessoas acaba desistindo de utilizar o produto”, explica Gerson Cespi, diretor-geral da CooperVision Brasil.
 
Na grande maioria das vezes, essa evasão acontece pela falta do processo correto de adaptação com as lentes, pela má utilização e por conta da escassez de informação e orientação. “Os motivos que levam o consumidor a abandonar o uso normalmente não estão relacionados ao produto em si, mas sim a forma como a pessoa o utiliza. Muita gente inicia o uso por indicação de um amigo ou familiar e acaba não passando pelo processo de adaptação junto ao oftalmologista. Os diferentes modelos possuem suas próprias características e parâmetros, e isso significa que, o que pode ficar muito bem adaptado em uma pessoa, pode não ficar tão bem em outra. Por isso, reforçar a importância da consulta inicial com o oftalmologista e divulgar ações que levem informação e conscientizem os usuários é fundamental”, alerta Cespi.
 
Presente no Brasil há 20 anos, a CooperVision aposta em inovação para o crescimento do mercado interno. Para aumentar o portfólio mais completo do mercado mundial, a companhia foi pioneira ao lançar a primeira lente de contato para o controle da progressão da miopia infantil, e a única lente de contato do mundo com a tecnologia Digital Zone Optics™, que reduz a fadiga e o ressecamento oculares durante o uso de dispositivos digitais (smartphones, tablets, televisão etc.).Outro destaque da empresa são as lentes de descarte diário que, além de trazerem mais saúde ocular e praticidade para o dia a dia dos usuários, dispensam a necessidade de higienização para manutenção do produto.
 
“Nossa expectativa é que o mercado brasileiro de lentes de contato cresça de 1% de penetração para 2,5% nos cinco próximos anos. É uma meta desafiadora, mas estamos atentos ao que o consumidor precisa e espera de nós. As principais empresas do setor sabem que o Brasil é um país com muito potencial para se tornar um dos mais relevantes mercados do mundo. Sairão na frente os fabricantes que souberem fidelizar seus clientes com serviços de excelência, produtos inovadores e de alta qualidade, e que investirem em programas de educação para os profissionais da área e para os consumidores, ressaltando os inúmeros benefícios de se usar lentes de contato e incentivando o uso correto do produto”, destaca o diretor-geral.
 
Para ajudar nesse desafio, a CooperVision tem realizado aquisições, em vários países, de empresas focadas em Specialty -- lentes especiais, como é o caso de lentes para ortoceratologia e lentes esclerais. Além das inovações em produtos, a empresa também está atenta a outras questões que têm impacto direto na decisão de compra do consumidor. Um tema que tem sido muito trabalhado na empresa é a sustentabilidade. “Cada vez mais os clientes procuram consumir produtos de marcas que desenvolvem ações em prol do meio ambiente. Internamente esse sempre foi um tema relevante e que levamos muito a sério, mas começamos a expandir os projetos nesse sentido. Temos muito orgulho por sermos a primeira empresa do setor a disponibilizar lentes de contato neutras em plástico em todo o mundo”, finaliza o executivo.












Fechar


SnifBrasil é uma publicação

(11) 5533-5900 – dpm@dpm.srv.br
O conteúdo dos artigos assinados no site e no boletim SnifBrasil é de responsabilidade de cada um dos colaboradores. As opiniões neles impressas não refletem, necessariamente, a posição desta Editora.
Não é permitida a reprodução de textos, total ou parcial sem a expressa autorização da DPM.
Informações adicionais poderão ser solicitadas pelo e-mail editor@snifbrasil.com.br.
Qualquer problema, ou dificuldade de navegação poderá ser atendido pelo serviço de suporte SnifBrasil, pelo e-mail suporte@snifbrasil.com.br

Seu IP: 44.200.30.73 | CCBot/2.0 (https://commoncrawl.org/faq/)