Hora certa:
 

Notícias

Novos tratamentos para obesidade: o fim da cirurgia bariátrica?

“Os tratamentos da obesidade estão cada vez mais eficazes e confortáveis para o paciente, alguns com dosagens até semanais, e os resultados de emagrecimento estão tão fantásticos que já se fala em fim da cirurgia bariátrica”, conta a endocrinologista Dra. Lorena Lima Amato.

Quando comparado aos tratamentos com sibutramina, saxenda e off label, os novos medicamentos, além de ter maior potência na perda de peso, têm menos efeitos colaterais, principalmente na questão psíquica, que era uma grande queixa dos pacientes que sentiam agitação, taquicardia, irritação e boca seca. A endocrinologista explica que embora os novos medicamentos causem efeitos gastrointestinais, quando comparados aos psíquicos, o paciente agora se sente mais confortável.   

O avanço da indústria na descoberta de tratamentos mais eficazes contra obesidade também acontece quando se trata do diabetes. “Quando nós falamos do tratamento do diabetes tipo 2, que representa cerca de 90% dos casos de diabetes, a obesidade é um importante fator de risco e está intimamente relacionada. Inclusive a perda de peso melhora a evolução da doença e pode até prevenir o diabetes. Então quando um medicamento para tratar o diabetes, contribuir para a perda de peso, de forma indireta ela não está tratando apenas a glicemia, mas também está tratando o que levou ao diabetes, no caso a obesidade”, detalha Dra. Lorena.

Efeitos colaterais - A especialista conta que tem visto muitos desses medicamentos sendo usados de maneira incorreta, por pessoas que não têm obesidade. Por mais que essas medicações estejam na mídia, é essencial que um especialista os receite de acordo com o histórico e exames.

De acordo com a Dra. Lorena, o tratamento da obesidade não consiste em apenas um medicamento. Os efeitos colaterais precisam ser manejados e o endocrinologista poderá fazer isso para que o paciente usufrua dos verdadeiros benefícios de forma segura.

A mudança do estilo de vida é a base do tratamento da obesidade. Não existe falar em tratamento medicamentoso sem antes enfatizar para o paciente que apenas medicamentos darão resultado, pois não é verdade. “A mudança de estilo de vida traz, junto com o emagrecimento, a prevenção de câncer, da demência, depressão e bem-estar global. Nada, nenhum medicamento, substitui um estilo de vida saudável”, ressalta a endocrinologista.

 

 












Fechar


SnifBrasil é uma publicação

(11) 5533-5900 – dpm@dpm.srv.br
O conteúdo dos artigos assinados no site e no boletim SnifBrasil é de responsabilidade de cada um dos colaboradores. As opiniões neles impressas não refletem, necessariamente, a posição desta Editora.
Não é permitida a reprodução de textos, total ou parcial sem a expressa autorização da DPM.
Informações adicionais poderão ser solicitadas pelo e-mail editor@snifbrasil.com.br.
Qualquer problema, ou dificuldade de navegação poderá ser atendido pelo serviço de suporte SnifBrasil, pelo e-mail suporte@snifbrasil.com.br

Seu IP: 44.200.30.73 | CCBot/2.0 (https://commoncrawl.org/faq/)