Hora certa:
 

Notícias

Iniciativa da Galderma impulsiona reciclagem de lixo eletrônico

O lixo eletrônico é uma preocupação global e números do Monitor Global de Lixo Eletrônico 2020 da ONU comprovam isso. O mundo gera mais de 50 milhões de toneladas de lixo eletrônico por ano -- o equivalente ao peso de 265 baleias-azuis em celulares, notebooks, eletrodomésticos e outras peças eletrônicas descartadas --, na maioria das vezes, de forma incorreta. O Brasil aparece como gerador de 2 milhões de toneladas de lixo eletrônico anuais e, de acordo com o mesmo relatório, a tendência é que esse número siga crescendo, alimentado principalmente por maiores taxas de consumo de equipamentos elétricos e eletrônicos, ciclos de vida curtos, e poucas opções de reparo.
 
Atualmente, todas as importações da Galderma são recebidas com datalogger, equipamento que monitora a temperatura e umidade da carga durante o transporte. Esses aparelhos são descartáveis, portanto, caracterizam-se como lixo eletrônico. Preocupada com essa situação, em parceria com a ReciclaVale -- Cooperativa de Reciclagem do Vale do Itajaí, especializada em reciclagem de lixo eletrônico, a Galderma doa mais de 2 mil dataloggers para uma destinação correta e ainda auxilia na renda das famílias que ali atuam.

 "Temos que fazer a nossa parte e a reciclagem de aparelhos eletrônicos tem mais potencial do que só reduzir os impactos do descarte de resíduos. Pode ser uma alternativa à mineração convencional, que pode gerar novos modelos de negócio e empregos, contribuindo para uma economia circular e diminuindo a emissão de gases de efeito estufa", diz Hanna Mattos, Analista de Garantia de Qualidade Sr. & Farmacêutica.
 

 












Fechar


SnifBrasil é uma publicação

(11) 5533-5900 – dpm@dpm.srv.br
O conteúdo dos artigos assinados no site e no boletim SnifBrasil é de responsabilidade de cada um dos colaboradores. As opiniões neles impressas não refletem, necessariamente, a posição desta Editora.
Não é permitida a reprodução de textos, total ou parcial sem a expressa autorização da DPM.
Informações adicionais poderão ser solicitadas pelo e-mail editor@snifbrasil.com.br.
Qualquer problema, ou dificuldade de navegação poderá ser atendido pelo serviço de suporte SnifBrasil, pelo e-mail suporte@snifbrasil.com.br

Seu IP: 44.200.30.73 | CCBot/2.0 (https://commoncrawl.org/faq/)